terça-feira, 18 de novembro de 2014

Texto Base: Hebreus 11:1-7

Introdução: Este texto é considerado como a galeria dos heróis da fé. Nele podemos ver a história de homens e mulheres que pela fé alcançaram conquistas tremendas, tornaram o impossível, possível, o invisível, visível. Trouxeram a existência o que antes nem existia todo porque decidiram viver pela fé.
Com esse texto aprendemos o que é fé:

1-  Fé é caminhar de acordo com a vontade de Deus
Vs 4 Abel oferece a Deus sacrifício mais excelente do que o que Caim ofereceu ao Senhor.
Abel satisfez a vontade de Deus, totalmente diferente do seu irmão Caim. Enquanto Caim entregou o que sobrara, Abel deu o que tinha de mais excelente, entregou o que possuía de melhor em sua vida.

Infelizmente hoje muitos dizem com seus lábios que são homens e mulheres de fé, mas não entregam ao Senhor o que há de melhor em suas vidas. Oferecem a Deus a sobra do tempo, dos recursos financeiros, dos talentos com isso provam que confiam mais em seus próprios esforços que propriamente no Senhor.

2- Fé é caminhar com Deus
Vs 5  Enoque pela fé foi transladado para não ver a morte

Enoque foi um homem justo em meio sua geração, andou com Deus. Sua intimidade com o Senhor fez com que ele não conhecesse a morte.
Principalmente em nossos dias isso é a maior demonstração de fé: andar com Deus.

O que é maravilhoso é que quem anda com Deus recebe livramento de morte.

3- Fé é disposição para obedecer a Deus
VS 7, Segundo a bíblia Noé era divinamente instruído por Deus, ouvia a voz de Deus. O que representa isto?

Noé ouvia a voz de Deus numa dimensão especial, ao ponto de ser alertado dos males que a humanidade ainda sofreria, que intimidade tremenda, fruto de uma vida de muita fé.
Deus falou a Noé sobre o julgamento que enviaria e deu a ele instruções para construir uma arca para salvar sua família. Noé obedeceu a Deus e construiu a Arca, que lhe foi como salvação em meio ao dilúvio.

Se queremos ver nossa família salva, precisamos agir como a fé obediente.

 Conclusão: Deus é Deus que tem prazer em abençoar seus filhos, mas a benção o milagre são frutos de fé. Lembre-se: sem fé é impossível agradar a Deus.
 

terça-feira, 11 de novembro de 2014

Restauração

Texto Base: Amós 9:11-15

Introdução: O diabo trabalha incessantemente para ver o homem na ruína, na pobreza e miséria em todos os níveis, tanto na dimensão física como espiritual.

Muitos, por terem tirado o foco dos valores espirituais, por terem desprezado a visão da promessa, por terem deixado de sonhar, perderam o domínio de seu território, foram atingidos pelo inimigo e estão com suas vidas, famílias, finanças, ministério em ruína.

Há muito tempo atrás, algo semelhante aconteceu com a nação de Israel, o povo que foi escolhido como povo de Deus, também vivenciou essa realidade, mas em meio ao caos, a destruição Deus fez uma promessa de restauração.

Disse o Senhor: “Naquele dia, levantarei o tabernáculo caído de Davi, repararei as suas brechas; e, levantando-o das suas ruínas, restaurá-lo-ei como fora nos dias da antiguidade”.  

Deus quer cumprir essa promessa de restauração, mas precisamos dar condições para que Ele possa agir.

Tem muita gente querendo viver a promessa da restauração, mas não busca, não se quebranta, não se submete, não se deixa envolver pela nuvem da glória de Deus.

Se quisermos viver a plenitude das promessas de Deus, precisamos nos despojar de todo e qualquer impedimento.

Existem pelo menos dois grandes motivos pelos quais a bênçãos ficam retidas:

Primeiro impedimento: Arrogância

Nenhuma outra nação recebeu de Deus tantas promessas como Israel. Mas conhecendo a história de Israel, vemos que esta nação viveu muitos altos e baixos, um tempo vivia na plenitude da promessa, em outro tempo sofria com a afronta dos inimigos.     
Por que? A resposta está em: 2 Crônicas 36 :16,17 e 19
Por que tantos altos e baixos? Por causa da arrogância.

A arrogância nos faz  “donos da razão”, todo mundo está errado e para o arrogante ele está sempre certo. O arrogante não ouve conselho, afinal de contas ele sabe de tudo. O arrogante caminha na estrada da solidão. Deus dá graça ao humilde, mas abete o soberbo.
Cuidado com a arrogância, pois pra arrogância não tem remédio... só a destruição.

Segundo impedimento: Falta de compromisso

A medida em que o mundo vai caminhando as pessoas vão se tornando cada vez mais volúveis e cada vez menos comprometida.

Mesmo na igreja no meio do povo de Deus há falta de compromisso, tem muita gente que não quer vestir a camisa, tem muita gente que na primeira dificuldade, abandona o barco, deixa o ministério, quebra a aliança.

Quem não tem compromisso, com a igreja, com a família, nunca vai ter compromisso com a promessa.  Nós precisamos descobrir o valor do compromisso, nós precisamos ter a marca do compromisso.

A promessa não pode ser liberada a qualquer pessoa, a sua promessa só é liberada aos comprometidos.


Conclusão: Hoje Deus vai liberar um manto de restauração, o espírito de Deus vai soprar sobre sua vida, eu creio que todo impedimento vai cair em nome de Jesus!