terça-feira, 7 de julho de 2015

O Precioso Reino de Deus


“Buscai em primeiro lugar o Reino de Deus e a Sua justiça, e todas as coisas vos serão acrescentadas.” (Mateus 6:33)

Introdução: Nas últimas semanas estamos colocando em nossas vidas, família, ministério, igreja o Reino de Deus em primeiro lugar. Conforme  ministramos nas semanas anteriores, temos que romper com os valores e princípios que regem este mundo para viver de acordo com os valores e princípios de Deus. Esta é a nossa tarefa, este é o nosso dever, por isso nos movemos, vivemos e não podemos descansar até  que de fato o Reino seja estabelecido em toda a terra.

Quem tem o entendimento do que é o Reino de Deus luta por ele, declarando o Senhorio do Rei Jesus. Hoje nosso entendimento será ampliado e veremos que o Reino de Deus é preciosíssimo:

1- O Reino de Deus é como uma pérola – Leia Mateus 13:44-46

Jesus declara que certo homem encontrou um tesouro num campo, numa propriedade. Na época em que Jesus contou esta parábola era comum que as pessoas, guardassem seus tesouros em vasos e enterrassem em suas propriedades. Talvez alguém no passado tenha enterrado este tesouro, e após tenha morrido sem que ninguém mais soubesse do tesouro enterrado. O certo é que nesta estória, Jesus declara que alguém encontrou um tesouro e em sigilo, vendeu tudo o que possuía para comprar a propriedade.

Dentro deste mesmo contexto, Jesus conta ainda, outra estória, a estória de um  comerciante de pérolas que encontra uma pérola de grande valor e da mesma maneira sai vende tudo quanto possui para adquirir a  pérola de grande valor.

Nestas duas estórias Jesus mostra o valor do Reino de Deus. Quem encontrou o Reino, quem aprendeu a se submeter ao Rei desse reino, as leis desse Reino, terá sua vida completamente transformada e todas as suas necessidades supridas e de nada terá falta.
Quando encontramos o Reino e deixamos tudo, abrimos mão da dependência humana, dos valores terrenos, pra depender exclusivamente do Senhor e com isso temos a garantia de que “O Senhor é o nosso pastor; e de nada teremos falta” (Salmo 23.1)

2- O Reino de Deus é como fermento – Leia  Mateus 13:33

O fermento quando adicionado a massa tem o poder de fazê-la crescer. Podemos utilizar dessa analogia pra dizer que quem encontrou o Reino de Deus encontrou o caminho para o crescimento, para a prosperidade.

Obedecendo ao Senhor e as leis do Reino, sua vida crescerá dia após dia. Deus não tem pacote de miséria, de pobreza, de ruína pra ninguém, pelo contrário ele Deus que tem prazer em abençoar seus servos.


Conclusão: Deus quer te acrescentar, mas o Reino precisa estar em primeiro lugar. Precisamos nos comprometer com Reino de Deus ganhando vidas, nos mantendo em aliança com Ele e sua igreja, sendo fiéis nas primícias, dízimos e ofertas.

terça-feira, 30 de junho de 2015

O Reino de Deus em primeiro lugar - final

Texto Base: Mateus 6:33

Introdução: Estamos meditando nas últimas semanas sobre o Reino de Deus e como este Reino deve ser colocado em primeiro lugar em nossas vidas. Estamos vivendo num tempo muito difícil onde os interesses pessoais estão cada vez mais fortes, e o Reino de Deus, em muitas ocasiões está sendo colocado em segundo plano.

O que é curioso é que muitas pessoas querem as bênçãos, querem as demais coisas, mas não fazem o que deve ser feito. A Palavra diz que as demais coisas sejam acrescentadas, o Reino tem que estar em primeiro lugar. Em Deuteronômio 28:1-2 está escrito: E SERÁ que, se ouvires a voz do SENHOR teu Deus, tendo cuidado de guardar todos os seus mandamentos que eu hoje te ordeno, o SENHOR teu Deus te exaltará sobre todas as nações da terra.
E todas estas bênçãos virão sobre ti e te alcançarão, quando ouvires a voz do SENHOR teu Deus;

Quem deseja ser alvo da benção, precisa colocar o reino e seus valores como prioridade.

Demonstramos que o reino de Deus está em primeiro lugar quando:

2) Zelamos pela Aliança

Diante da grande missão que recebemos do Senhor Jesus de fazer discípulos de todas as nações, precisamos compreender que jamais alcançaremos esse propósito sem aliança. A aliança é uma convocação para caminharmos juntos para sempre, sem desistência.

O grande exemplo disso é o casamento. Dentro dos planos de Deus a união de um casal é até que a morte separe, Deus abomina divórcio. Todas as vezes que dizemos sim para a aliança, estamos colocando o reino de Deus em primeiro lugar e todas as vezes que dizemos não estamos admitindo a construção de um reino pessoal.

É triste, mas muita gente está quebrando a aliança, por que as coisas “não são do seu jeito”. Igrejas estão nascendo debaixo do manto maldito da quebra de aliança, e isso porque o orgulho, a competição está falando mais alto que os valores do reino de Deus. Há pessoas que já não fazem mais discípulos para Jesus e seu Reino; fazem para si.

Esses dias um líder saiu de uma determinada igreja e várias pessoas saíram com ele, daí eu fiquei pensando: “meu Deus essas pessoas estavam seguindo a Jesus ou o homem?”. Na verdade isso prova que os valores do Reino estão em segundo plano, que os sentimentos estão acima da razão. Quem coloca o Reino de Deus em primeiro lugar tem aliança com Deus, com sua igreja, com sua família.

3) Quando nos preocupamos com a manutenção da casa de Deus

Leia: Ageu 1:4-11... Neste texto do profeta Ageu, a Bíblia mostra que o povo se descuidou da Casa de Deus, e isso trouxe sérios prejuízos a eles.    Quando nos preocupamos com a manutenção da Casa do Senhor, entregando os dízimos, as primícias e ofertas manifestamos honra, reconhecemos que Deus está em primeiro lugar em nossas vidas, e quem honra ao Senhor inevitavelmente será honrado.

Queridos, mesmo que não reconheçamos, Deus sempre será o primeiro, mas Ele quer ser reconhecido como primeiro. Jesus quando foi interrogado sobre o maior dos mandamentos, falou: “amar a Deus de todo coração, de toda alma, com todas as forças e com todo o entendimento”. Deus não é carente, ele não precisa do nosso reconhecimento. O grande beneficiado com este reconhecimento somos nós mesmos.


Conclusão: Deus quer te acrescentar, mas o Reino precisa estar em primeiro lugar.